quinta-feira, 18 de junho de 2009

O teu riso

Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.
.
Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

.

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.
Pablo Neruda
Foto by:R.G.
PARABÉNS

7 comentários:

* Лαяiα disse...

Mudei o endereço do meu blog, o cantinho continua o mesmo mas passou a chamar-se "Um Sopro no Coração" em vez de Mascotezinha, só tens que mudar o link. Ao fim de 2 anos estava cansada de Mascotezinha!

Espero que me continues a acompanhar.

http://umsopronocoracao.blogspot.com/

Um beijinho*

mjf disse...

Olá!
Um sorriso abre muitas portas...

Beijocas
Bom fim de semana

Fire Wife disse...

Ainda no outro dia voltei a encontrar o "meu" sorrisso que já deixou de ser meu e realmente é das piores coisas que nos podem tirar. Beijinhos e que o "teu" se conserve por muito tempo.

feia disse...

Sorrir é sempre o melhor remédio.... e há sorrisos que nos marcam e reconfortam :)

Porque à herois que não precisam falar apenar sorrir :)

poetaeusou . . . disse...

*
sorrisos,
são a luz
das palavras de Neruda !
,
parabens pelo post,
,
conchinhas serenas, deixo,
,
*

OLHAR VAGABUNDO disse...

pablo..hummm

beijo vagabundo

mjf disse...

Olá!
Vim desejar-te uma boa semana

Beijocas