domingo, 1 de fevereiro de 2009

SEM PALAVRAS...

Sem palavras

Por mais que se cante o amor acabamos sempre...

Sem palavras

Por mais que se demonstre a amizade acabamos sempre ...

Sem palavras

Por vezes somos surpreendidos com atitudes e gestos que nos deixam...

Sem palavras

Porque os nobres sentimentos nos deixam...

Sem palavras

15 comentários:

mundo azul disse...

______________________________

Realmente há sentimentos e emoções muito grandes, para caberem dentro da palavra!

Muito bonito!!!

Beijos de luz e o meu carinho...

___________________________________

Rute disse...

Está muito bonito, até me arrepiei com o gesto tão nobre da menina

beijinhos

Multiolhares disse...

J´´a conhecia, mas sempre que vejo fico emocionada, deviamos ter a nobreza e simplicidade das crianças, o amor seria mais facil de acontecer
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
sem palavras,
as palavras mil . . .
,
conchinhas,
,
*

O Profeta disse...

A terra dorme em sobressalto
Um grito brota da alma
Danço com esta bruma de Inverno
Rodopia em meu peito uma estranha calma

Águas despertas, Mar bravio
Cai sobre mim um nevoeiro perverso
Uma onda estende seu manto de espuma
Açoita as pedras adiando o regresso


Boa semana


Mágico beijo

Carla disse...

porque as palavras são imensas, mas os sentimentos ainda são maiores
beijos

im disse...

Porque não existem palavras capazes de explicar...porque os gestos e o olhar falam pelas palavras...são as palavras...

Rute disse...

Bom fim de semana

beijinhos

Anónimo disse...

AMIGA, vence essa batalha e volta depressa...
Beijos grandes

Rain Sister disse...

Gostei muito do teu blog já vi que somos dos mesmos signos chineses e ocidentais e que adoramos Xutos.
Vou voltar, tudo de bom e muita força. Beijinhos

HR disse...

Feliz Dia da Mulher...
Adoro-te
Abraço atado

Anjo De Cor disse...

Como estás amiga?
Bjs com saudades ;)

* Mary disse...

Arrepiante mas bonito!!

Bjinhus*

feia disse...

Os pequenos gestos fazem a diferença :)

Hoje mais uma etapa rumo ao amanhã

bjux

O Profeta disse...

Do Poeta!
Este ser de contentamento descontente
Que faz da contradição uma rua
Feita da palavra resistente

Que abre os braços aventura
À viagem da emoção plena
Que chora em cais de espera
Que sorri ao afago de brisa terna


Boa semana


Mágico beijo